segunda-feira, 27 de março de 2017

Oficina em Junho de 2017 em São Paulo na Oficina Cultural Oswald de Andrade

Oficina Cores Primárias:
Os estados emocionais como ponto de partida para a improvisação



A partir de sua formação acadêmica e pedagógica, seu percurso como atriz no Théâtre du Soleil e suas descobertas teatrais em diferentes países asiáticos, Aline Borsari nos propõe um ateliê intensivo de jogo e improvisação.
Mergulhando no que os indianos chamam de « rasa » (emoção, expressão, sabor…), nós iremos experimentar a criação do personagem, a descoberta de situações dramáticas e sobretudo o encontro cênico com  o outro: ator, personagem e público.
Explorando as « cores primárias » : as emoções básicas, os estados puros, os estados extremos, nós trabalharemos sempre com a música. A música, oras ao vivo, executada pelo multi-instrumentista João Jorge, oras tocada a partir de gravações de grandes compositores, terá um papel essencial na dramaturgia nascente do coletivo, sendo elemento fundamental para o tripé do nosso trabalho : ator, música e encenação.
O coro, a coralidade  e o “jogo mascarado” serão outras temáticas presentes e recorrentes nesse workshop.

Aline Borsari é brasileira, atriz e professora de teatro. No Brasil, trabalhou com diferentes diretores e deu aulas em diversas instituições. Desde 2009 ela integra a trupe do Théâtre du Soleil, na França, dirigida por Ariane Mnouchkine, na qual atuou nos espetáculos: “Os Náufragos da Louca Esperança” em Paris e em suas inúmeras turnês internacionais; « Macbeth », apresentado na Cartoucherie de Vincennes durante a temporada 2014-2015 e mais recentemente na criação coletiva “Une chambre en Inde”, em cartaz em Paris.
Com Maurice Durozier, ator do Théâtre du Soleil há mais de 30 anos, ela atua na peça “Palavra de Ator” em diversas línguas e países. Os dois atores são professores convidados pela « Taipei National University of the Arts » em Taiwan, para onde viajam periodicamente. Durante suas viagens pela Ásia, Aline teve a oportunidade de descobrir o Kathakali na Universidade Kalamandalam, no Sul da Índia e de fazer alguns cursos de canto e expressão corporal da Ópera de Pequim na TNUA de Taiwan.

Nesse ano estreará um espetáculo da trupe do Théatre du Soleil, dirigido pelo canadense Robert Lepage no Park Avenue Armory em Nova Iorque.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Em construção!

Aos atores, arte-educadores, alunos e amigos que me pedem notícias do Théâtre du Soleil.
Espero fazer navegar nossas ensolaradas experiências artístico-político-existenciais, com ajuda das suas perguntas, comentários e reflexões!
Bon voyage e até breve!